Necessidade

O que eu preciso para viver é sem sombra de dúvida muito menos do que eu tenho.

Deveria ser muito feliz, por ter o que comer todos os dias, estar saudável, ter família e amigos, um trabalho.

Mas não. Por que?

Falta estabilidade, coisa interna.

Aquele parafuso na cachola que dizem que eu não tenho.

E me parece que esse parafuso não pode ser substituído…

Mas, bem ou mal, hoje estou melhor. Não sinto necessidade de reclamar de tudo, de todos, das coisas que posso mudar e das que eu não posso.

Só sinto necessidade de dormir. E quem sabe nos sonhos, descubra uma maneira de melhorar minha percepção das coisas…

Desacordadamente,

Guilherme.

Anúncios

0 Responses to “Necessidade”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s





%d blogueiros gostam disto: